Queridas amigas

segunda-feira, novembro 28, 2016

Queridas amigas, vou escrever para vocês não um artigo, mas sim uma carta. Quero abrir meu coração, faz tempo, mas como sou mais reservada pensei muito antes de vir aqui falar. 

A idéia de me “aposentar” do blog me rondou faz algum tempo e sempre ocupa espaço em minha meditação e oração pessoal.




Acho, sinceramente, que não sou modelo de nada, nunca fui e nem para inspiração sirvo. Acho ainda, que já estou ficando um pouco velha para ficar falando sobre este assunto e mais ainda para fotos, rsrs. Além do mais já são sete anos de apostolado, com muitas pedradas e toda sorte de crítica. Ando cansada demais para certas brigas, pessoas e ataques. Quero me dedicar só a minha família, só curtir meus filhos, meu querido marido e minha casa. E quem sabe voltar a atuar com mais tenacidade na minha profissão?!  Desejo ter só paz e não me indispor. Penso, que felizmente, está surgindo uma gama de blogs excelentes, melhores que o meu, que podem ajudar a quem realmente precisa, como o Modéstia e Pudor, Mel de Moça, Diário de uma Moça Católica etc. E ainda, para quem quer referências de moda sem vulgaridade, há tanto os blogs da nossa rede quanto aqueles que eu coloco nos links do blog.

Eu nem sempre estou arrumadíssima, eu nem sempre consigo andar maquiada (sou alérgica), as fotos nem sempre ficam tão boas (meu marido não é fotógrafo), eu nem sempre saio bem focada (por vezes tem um filho me puxando, outro chorando). Sim, tenho olheiras gigantes que nem sempre o corretivo apaga, morro de vergonha de posar pra fotos e acima de tudo DETESTO me expor.

E há os que confundem o blog com meramente um blog sobre moda. E nem sempre consigo deixar claro que o blog é muito mais que isso. Amigas, o blog é sobre moda, mas, antes de tudo é um APOSTOLADO. Sinto que Cristo me confiou esta missão, de poder com Sua Santa Ajuda e de Nossa Senhora Rainha da Modéstia poder ajudar mulheres a se vestir conforme os tempos atuais, mas com beleza, graça e modéstia. É um apostolado que nem sempre terá um caráter explicitamente religioso, mas é essa justamente a intenção, e é perfeitamente coerente com o papel dos leigos: devemos santificar as estruturas temporais, seculares. E a moda é uma delas. Para fazer apostolado mediante a moda, mesmo tendo a modéstia e as virtudes como norte, o blog não precisa ser um trabalho religioso. Todas as ações de um leigo bem formado têm uma intenção apostólica, não necessariamente tendo "cara de igreja" (o que também, dependendo do tema a ser tratado, não é ruim e muitas vezes pode ser necessário). Uns não entendem isso e acham que eu só quero me exibir e brincar de modelete ou de blogueira como se fosse uma mundana (e, aliás, não tem nada de errado em ser simplesmente blogueira de moda), outros dizem que eu não sou suficientemente "religiosa". Há os que acham que o blog é apenas mais um blog de moda e consideram isso ruim (porque eu deveria ser mais explicitamente espiritual), e outros que acham a mesma coisa, mas consideram isso bom. Nem uns e nem outros entenderam o espírito da coisa.


Também quero deixar claro que não escrevo nem perto de uma diva literária e que cada vez que escrevo faço com o coração e tenho a sorte de contar com meu marido para revisar e corrigir meus erros.

Entretanto, cada vez que penso nisto de desistir, de aposentar o blog, é como se Deus me mandasse um recado para continuar. Por esses dias, me deparei com a seguinte mensagem em meu inbox do Facebook:

Olá, tudo bem?  Eu acabei de assistir um hangout antigo seu com umas moças de outros blogs sobre modéstia. Tomei a iniciativa de lhe adicionar e conversar pelo fato de que vi muita segurança em sua fala e conhecimento a cerca do que você prega sobre modéstia.
Eu vivi a modéstia por alguns anos (a conhecida "modéstia católica") anos sem usar calça e nada do tipo. Quando eu conheci, eu aprendi que a calça era algo totalmente errado e que deveria largar o mais rápido possível, assim como outras roupas.
Na vontade de agradar a Nosso Senhor e fazer o que eu pensava ser certo, eu tentei achar um modo de mais rápido possível conseguir mudar .Meus pais não aceitaram e na época eu era menor de idade. Eles diziam que eu estava parecendo uma velha, então não me ajudavam a ter as roupas. Eu passei então a usar farrapos de roupas,
As vezes as saias longas nem eram tão modestas, mas só pra eu ficar na cabeça de que já estava sem calca e sem outras roupas, já era o suficiente .
De resumo: eu hoje faco tratamento para depressão. Tenho problema de autoestima e a forma como eu me vestia me prejudicou muito. Por mais que eu pensava q "é pra Deus ", "é a cruz", eu não conseguia me sentir bonita, elegante como as moças das fotos e imagens de Facebook.
Depois desses anos assim, eu chutei o balde e estressei com tudo, voltei a usar calça, outras roupas até mais imodestas e até dei uma afastada da igreja, mas porque eu fiquei muito mal e saí do emprego, fui prejudicada na faculdade e tudo mais.
Gracas a Deus eu estou bem melhor, e gostaria de retornar à modéstia, porque pra mim uma mulher deve ser feminina e recatada. Mas dessa vez quero fazer diferente. Quero me sentir bonita e saber que posso me vestir de forma honrada sem parecer uma velha . 
Gostaria de saber onde posso encontrar mais videos seus falando. Se tiver coisa pra ler pode ser também. Eu ando ouvindo mais vídeo do q lendo porque meu déficit de atenção piorou e esta prejudicando minha concentração , mas eu posso da um jeito.
Agradeço desde já . A senhora tem uma família maravilhosa. Que Deus os abençoe ! (E desde já perdoe-me por ter pensado errado no passado , sobre seu trabalho e apostolado.) Boa noite !

Não, eu continuo me achando indigna, mas Deus pede que eu siga. E ele chama especialmente a mim neste trabalho, até porque, acho que ele quer provar sua soberania podendo tirar frutos bons da sua menor e pior árvore. 

Também não estou escrevendo para pedir elogios e agradecimentos sobre meu apostolado. É uma obrigação.  Cristo sempre me deu muito, além do que merecia e vive me mimando. Escrevo para que vocês que são tão misericordiosas, gentis e queridas entendam um pouquinho deste apostolado. Que por horas é tão ingrato, uma vez que a grande maioria das mulheres crê que sabe tudo sobre o mundo feminino e etc. Ao mesmo tempo, que muitas acham que é um apostolado inútil, outras acham que são donas do que julgam ser modéstia e fazem este mal que se vê no exemplo acima.

Conto muito com as orações das amigas e agradeço imensamente o carinho de vocês.

E não esquece de me seguir no Bloglovin e no Instagram.



VEJA TAMBÉM

15 comentários

  1. Que Nossa Senhora seja sempre seu esteio e interceda junto a Seu Filho por vc, sua família e seu apostolado. Te acompanho já há algum tempo e suas postagens são, para mim, inspiradoras..ainda não consigo ser elegante como eu gostaria mas com certeza vc tem me ajudado bastante nesse processo.
    Que seu apostolado permaneça até quando Deus precisar que vc continue. No mais parabéns pela pessoa que és e pela família que tens!

    ResponderExcluir
  2. Em muitas coisas na nossa vida, por mais que amemos o que fazemos, chega um momento em que realmente sentimos que já fizemos o que fomos chamadas a fazer. Se Deus lhe inspira nesse caminho, só podemos ser gratos por tantos anos de dedicação a tão belo e difícil apostolado.
    Você foi uma das primeiras que eu conheci que divulgaram a modéstia no meio católico. Lembro que quando comecei a ver moças falando da proibição da calça, das mangas longas, da pouca ou nenhuma maquiagem, enfim, esses exageros, você foi uma das poucas que defendeu a verdadeira modéstia. Imagino o quanto você deve ter escutado por isso e o quanto escuta ainda hoje.
    Meu estilo é bem diferente do seu, mas nem por isso você não deixa de me inspirar a ser mais elegante e modesta.
    Enfim, desejo que você encontre aquilo que é vontade de Deus hoje na sua vida, mas saiba que, seja qual for o caminho, seu apostolado trouxe muitos e bons frutos para a Igreja. Que a Virgem interceda por ti e por tua família junto a Jesus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas lindas palavras, Michele. Que bom que Deus me ajudou a te ajudar. Mas, na verdade, eu talvez não tenha sido clara: eu NÃO vou parar o blog. Eu achava que deveria, mas Deus tem me dito para CONTINUAR. É sobre isso que eu trato no post.

      Que Deus seja sempre contigo e com os teus, querida.

      Beijão,

      Excluir
    2. PS: Tu falas que mesmo tendo estilo diferente, eu consigo te inspirar. Isso é lindo de ler. É a proposta do blog: fazer com que cada um encontre o seu estilo, sabendo que todos os estilos podem ser elegantes e modestos. Aliás, qual é o teu estilo? Me encantaria saber e conhecer as roupas que gostas.

      Excluir
  3. Reading that girl's letter I feel very close to her because I see in her something of my story: I too first knew about modesty reading Protestant blogs and catholic blogs of women who think that we should never wear jeans or pants and that skirts needed to be below the knee.
    Their words made me feel guilty, I decided to only wear skirts but it was never my conviction, it was never something "mine", I was just feeling guilt. this impacted severely my relationship with God, it created a lot of scruples with whom I still fight today.
    I always felt ugly and my parents too said that I looked old and frumpy (and i did!), some months ago I decided to change, Your blog really helped me to heal from some of my scruples,
    Thank you!

    ResponderExcluir
  4. Só tenho a agradecer a você, pois seu blog e suas formações muito tem me auxiliado, na modestia e feminilidade, vivendo com mais equilibrio e buscando a caridade, pois no inicio da minha caminhada na modestia, era um fardo para mim, além de me levar a julgar as outras mulheres, só por usarem calça.Seu apostolado é muito abençoado e tem me ajudado, bem como sei que a muitas outras mulheres.Que Deus e a Virgenzinha te abençoe e a sua linda família, Paz e Bem!!!

    ResponderExcluir
  5. Não pare, não! Nós amamos suas dicas e seu exemplo de vida! ❤️

    ResponderExcluir
  6. Você é um modelo de beleza especial! De uma beleza tão modesta que silenciosamente grita que o belo não admite exageros e só existe na nossa entrega a Deus!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo Aline, disse que não queria elogios mas é impossivél não te parabenizar pelas maravilhas que faz em nossa vida com o seu apostolado. Não penso que os outros blogs sejam melhores que o seu ou que as outras blogueiras sejam mais belas que vc, Deus usa cada um de uma forma e falo por experiencia propria, o seu apostolado tem mudado a minha maneira de pensar, o meu desejo de ter uma familia numerosa veio pelo testemunho de vida que vc me passou com seus videos, fotos do dia a dia em familia, formações, por suas postagens aqui no blog... Aprendi muitooo com vc e seu esposo. Só tenho a agradecer por tudo que vcs teem me ensinado. Que Deus te abençoe e te fortaleça na sua missão. Conte com minhas oraçoes. Lu Pacheco.

    ResponderExcluir
  8. Aline, sabe que sou grande fã do teu apostolado, mesmo que em termos de modelos de roupas eu pouco aproveite as inspirações de looks, por ser plus size. Acho que capto o conceito, a ideia. A partir daí, escolho minhas peças. Fico feliz que tenha decidido continuar. Um beijo e Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  9. Faço coro às leitoras que se manifestaram: seu blog é inspirador!

    ResponderExcluir
  10. Querida Aline já me vi como essa moça que lhe mandou essa mensagem. Entender que é possível associar pudor e beleza foi fundamental para que eu não esmorecesse na busca pela feminilidade segundo a vontade de Deus, e seu Apostolado foi o meio que Nosso Senhor me ajudou nesse processo.
    Somente Ele pode te recompensar pela sua resposta ao chamado e dedicação. De minha parte receba minha gratidão, meu carinho (ainda que à distância) e minhas orações! Um grande beijo. Maria Ythala Mourão.

    ResponderExcluir
  11. Aline, que o Senhor continue sendo a principal razão e força para seguir adiante! É mto belo ver um trabalho tão bonito, e perceber que, antes de tudo, ele é uma resposta obediente ao que Deus te pede! Que Nossa Senhora interceda por esse apostolado e seja sempre fonte de mta inspiração!
    Super beijo!!!

    ResponderExcluir
  12. Querida Aline!
    Quero que saiba que todas as coisas que vc colocou como situações que dificultam sua dedicação ao apostolado (vergonha, o chamado das crianças, a correria, etc) são coisas que, na minha opinião, enriquecem de uma maneira única o blog! Eu te acompanho há um bom tempo e um dos motivos que me faz indicar o blog à muitas amigas é exatamente a VERDADE que ele transmite ao meu coração! Sempre senti muita verdade em cada olheira sua rs, em cada palavra e em cada post. Através de vc, aprendi q posso ser modesta e ser bonita, me arrumar, e isso me ajudou muito! Segui muitas dicas suas, mudei em algumas (ainda faltaa...) coisas no meu vestir, maquiar e muitos notaram minha mudança!! Além disso, acho maravilhoso o fato de você mostrar como uma esposa, mãe de quatro filhos, advogada e professora, com uma família pra cuidar, pode e deve continuar bela e se cuidar, até mesmo para sua família!!
    Enfim, Aline, seu apostolado é uma benção sim!! Não sou ninguém para dizer se vc deve ou não continuar com o blog, pq acho q essa decisão compete à vc e sua família!! Mas se isso acontecer, por favor, não nos deixe orfãs rsrss Indique para nós blogs tão bons quanto o seu!! Que não falem só de moda, mas q ensinem que a modéstia é uma virtude e q essa pureza nos ajuda também a testemunhar a verdadeira beleza!
    Que Deus abençoe imensamente vc e sua família!!

    ResponderExcluir
  13. Aline, ainda bem que não vais parar! A minha leitura aqui é diária, uma forma de passar e dar um "oi" numa amiga e me inspirar para o dia seguinte.

    Fique com Deus e conte com minhas orações!

    ResponderExcluir

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck