Look para show nativista da dupla César Oliveira & Rogério Melo

quarta-feira, setembro 17, 2014







































É Semana Farroupilha, em preparação à data magna dos gaúchos, o 20 de Setembro, que marca o início da nossa epopéia de dez anos de guerra contra a tirania da Regência, que nos impunha impostos absurdos sobre o nosso principal negócio, o charque, e ainda alijava os gaúchos riograndenses da efetiva representação parlamentar, demolindo a autonomia da Província. A bravura de nossos caudilhos e guerreiros pela liberdade, peões, escravos, negros libertos, europeus que vieram se alistar em nossa campanha, estancieiros, militares do Exército Brasileiro que ficaram ao lado do Rio Grande e não do Império é relembrada todos os anos, recordando os feitos de 1835.



Moramos em Piratini, que foi a primeira capital da República Riograndense, inaugurada pela Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha. Nossa cidade, então, respira essa Semana, respira 20 de Setembro. Todas as cidades do RS celebram com muito entusiasmo a Semana Farroupilha, mas não como Piratini. Aqui a história não só é festejada, como revivida. Foram em nossos palácios e casarões que os feitos de guerra e os atos políticos foram decididos. As casas de nossos principais generais e líderes civis ainda se conservam no centro histórico. O resto do Estado comemora o que aqui se viveu de modo muito intenso.

Os festejos farroupilhas em Piratini, então, adquirem um sabor especial. Rondas de grupos folclóricos, apresentações de invernadas artísticas, um parque todo montado para receber stands de lojas, praça de alimentação, feira de artesanato crioulo, e apresentações do melhor da música nativista gaúcha.

Na segunda-feira não pudemos perder o melhor show de todos, o da nossa dupla preferida, minha e do Rafael, meu marido, César Oliveira e Rogério Melo, que cantam com sua alma e poesia o que há de mais profundo na alma do gaúcho. Sempre fomos aos shows deles, desde quando éramos namorados, e os conhecemos pessoalmente desde quando meu marido era delegado de Polícia no Itaqui e lá foram eles cantar (o César, aliás, é itaquiense, como a Maria Antônia, nossa primogênita). Depois os reencontramos em Santa Vitória, quando lá moramos (fotos abaixo), e agora cá estamos no Piratini recebendo esses amigos.

FOTOS DE UM SHOW DELES EM 2012, EM SANTA VITÓRIA DO PALMAR:


Chegamos ao pavilhão de shows pelas 22h15, passeamos bastante, jantamos, e pegamos um bom lugar para ver o show bem de perto. Usei um look bem campeiro, adequado ao ambiente rural e gaúcho! Boina vermelha, que furtei do meu marido, pois não encontrava as minhas, calça de montaria verde musgo, bota de montaria marrom, sobretudo cinza e um poncho creme. Meu marido também estava pilchado a capricho.


Após o show fomos dar um abraço neles e agradecer pelo maravilhoso show que nos propiciaram. Aproveitamos para registrar o momento.


A seguir, fotos de closes meus para mostrar bem a boina. Estava escuro e a câmera do smartphone não colaborou, mas vão as fotos mesmo assim.


POSTS RECOMENDADOS

1 comentários

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck