Criança Elegância

sexta-feira, outubro 03, 2014

Esse é um guest post, ou postagem convidada, de Maite Tosta, uma das editoras do blog Negócios de Família (http://www.negociosdefamilia.com.br ), um blog escrito sobre e para a família. Fotos do Acervo Pessoal de Maite Tosta.

Sou Maite, blogueira e mãe de quatro, sendo três meninas, de 4 anos, 2 anos e 5 meses. Como mãe moderna e conectada, sou membro de uma série de fóruns e grupos de maternidade nas redes sociais. Em um deles, uma imagem postada me chocou em particular: uma menininha (ainda em fraldas), vestida com uma saia beeem justa de oncinha e uma blusa de costas nuas, ambas as peças feitio “miniadulta”, calçada com uma sandália estilo gladiador, de couro, que vinha até o joelhinho da criança... e não, não era um teatro ou representação, era um look retirado do catálogo de uma loja virtual de moda infantil (Oi?).

Pior que a imagem foi ver um monte de mães comentarem “eu quero! Quanto custa?”... fiquei com pena dessas meninas... o que esperar do futuro?



Estou entre aquelas que acredita que devemos “vestir criança como criança”, observando o conforto (afinal, criança tem que brincar) e preservando as fases do desenvolvimento infantil. Entretanto, a questão vai além disso: lembremos que a moda e o estilo estão ligados à identidade: a forma como nos vestimos e nos apresentamos diz muito a nosso respeito, é a primeira impressão. Nosso dever, como mães (pais também, mas normalmente somos nós que compramos as roupas, não é?), é ajudar nossos filhos – e aqui destaco em especial nossas meninas - no desafio de se expressar através do que vestem – de ponderar e fazer suas escolhas.

Se por um lado a moda infantil pode se inspirar nas tendências das passarelas, por outro, essas tendências devem ser adaptadas para o público infantil. Vestidos muito curtos e justos, decotes profundos, nada disso é adequado para meninas. Salto alto, maquiagem? Só na hora das brincadeiras, em que elas fingem ser a mamãe e pegam nossas coisas para as suas sapequices.

Mamãe, lembre-se: você é o modelo e o espelho! Converse sobre moda e beleza com sua menina. Elogie seus cabelinhos, sejam lisos ou cacheados, ensine-a a cuidar bem deles, penteá-los, estimule-a a lavar bem o rostinho, a querer estar cheirosa e bonita. Dessa forma, você trabalha a autoestima da sua princesa, mostrando que ela é linda e especial.

Que tal lançarmos uma campanha? Criança Elegância. Porque se educação vem de berço, estilo e elegância também.

POSTS RECOMENDADOS

2 comentários

  1. Lembrei agora de uma conhecida, quando pequena era sempre vestida como uma "mini piriguete", infelizmente ela era exatamente uma miniatura do que é hoje. Claro que não somos totalmente responsáveis pelas escolhas de nossos filhos quando crescem, mas com certeza podemos ajudar e muito.

    ResponderExcluir
  2. Cris, você tem toda a razão... postura pode ser ensinada desde pequenos! Faz parte de nossa missão de mãe.

    ResponderExcluir

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck