Meu look jurídico maternal

terça-feira, outubro 21, 2014

Escolhi priorizar a carreira de esposa, mãe e dona de casa. É a minha vocação primária. Em qualquer conflito com essas atribuições, eu as privilegio, fazendo a vontade de Deus.

Todavia, sou advogada. Elejo os casos que não me atrapalharão no desenvolvimento do chamado divino ao matrimônio e à maternidade. Vou, portanto, ao escritório e ao fórum, desde que o lar não fique desatendido.

E isso implica em uma série de alegres esforços, sabendo que a vida na terra é milícia, e as férias serão no céu.



Um deles é manter a classe e a elegância, e estar pronta para as lides jurídicas e ao mesmo tempo cuidar dos filhos.

Abaixo, o look que usei um dia desses para uma audiência. O esforço é ainda maior porque, grávida, não posso usar meus terninhos e tailleurs, precisando improvisar, com o que tenho, algo que me caiba e ao mesmo tempo mantenha a "dignidade jurídica", compatível com a profissão.

A maquiagem, como de costume, é minha mesmo.




POSTS RECOMENDADOS

5 comentários

  1. Uma graça seu look.
    ai que linda você está grávida né.
    Seus filhos também são uma lindeza!
    Beijinhos♥
    http://blogdesaltoebatom.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Patrícia. Diz a Sagrada Escritura:

    "Como flechas na mão do guerreiro são os filhos nascidos na sua juventude. Bem-aventurado o homem cuja aljava deles está repleta! Será respeitado até mesmo por seus inimigos quando pleitear com eles junto às portas da cidade." (Salmo 127,4-5)

    "Tua esposa será como videira frutífera em tua casa; teus filhos serão como brotos de oliveira ao redor de tua mesa." (Salmo 128,3)

    Espero corresponder à graça de Deus por uma família como Ele deseja.

    Aline

    ResponderExcluir
  3. Lindo look... Amei o mix de estampas, ficou uma gracinha. Nessas lojas de gravida devem ter terninhos especiais, né?

    Muito chique!! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Aline, eu pensava que você não exercia sua profissão, mas fiquei maravilhada ao ler o post e ver que com esforço é possível sim a mulher ter uma profissão mesmo que tenha filhos você é um exemplo.E como você falou realmente temos que priorizar a família.
    O look esta lindo, seus filhos também, bjs.

    ResponderExcluir
  5. Valdejane, fiquei de te responder e acabei esquecendo. Perdão.

    Eu quase não exerço. Minha prioridade é o lar. Mas como continuo inscrita na OAB, vez por outra faço alguns processos simples para não ficar de todo afastada. Nada que comprometa minha vocação primária, que é cuidar do marido e dos filhos.

    Fátima, sim, tem ternos especiais para grávidas, mas esse é um terno comum, da Lança Perfume.

    Obrigada às duas!

    ResponderExcluir

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck