O propósito da feminilidade: manifestar a glória de Deus

terça-feira, agosto 22, 2017

O propósito da feminilidade: manifestar a glória de Deus

Tudo em nossa vida deve render glória a Deus. "Portanto, quer comais quer bebais ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus." (1 Co 10,31)

As criaturas foram feitas para o louvor de Sua glória. As estrelas, o sol, a lua, as plantas, as águas, os animais, os anjos e o ser humano. Deus, ao criar o homem, fê-lo homem e mulher. Deus criou a feminilidade. Logo, essa criação também serve ao propósito de glorificá-lo. 

E como a feminilidade dá glória a Deus? 

Justamente quando manifesta o que lhe é próprio. Suas características psicológicas, emocionais, temperamentais, físicas, sexuais, devem estar a serviço da glória do Senhor. O modo como a mulher se expressa, seus sentimentos, seus gostos, suas inclinações, deve glorificar a Deus. Ela deve glorificar ao Senhor exatamente pelas suas características específica, ou seja, do seu modo propriamente feminino. A mulher glorifica a Deus da mesma forma que um homem, enquanto ambos são humanos. Todavia, pela natural distinção entre eles dada pelo próprio Criador, há um jeito todo especial da mulher glorificá-lo. 

O propósito da feminilidade: manifestar a glória de Deus

Quando dizemos que a feminilidade deve dar glória a Deus é justo disso que estamos falando: o que difere a mulher de um homem é causa de glorificação do Senhor. O que é próprio da mulher não é uma mera diferença material e terrena, e sim modo e causa de glorificar ainda mais o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Muitas mulheres se perdem nos dias de hoje porque, angustiadas, não entendem que servem a um propósito maior, centrado no amor de Deus e na manifestação de Sua glória. Falta uma percepção do sentido da vida.

O propósito da feminilidade: manifestar a glória de Deus

Ao cumprir sua missão como mulher - casada ou celibatária - ela glorifica a Deus pois serve ao Seu propósito de criar a feminilidade. A submissão ao seu marido, o amor ao lar, a geração e criação dos filhos, tudo isso dá glória a Deus.

Glorifiquemos, pois, a Deus, pondo a Seu serviço nossos temperamentos e desejos, cumprindo nossa missão (mulher casada, solteira, consagrada), sendo imitadoras das santas mulheres da Sagrada Escritura e da história da Igreja, reflexos de Deus por Maria Santíssima, cultivando a saudável e bíblica submissão aos nossos maridos, e gerando filhos para nós e para o céu!

O propósito da feminilidade: manifestar a glória de Deus

E não esquece de me seguir no Bloglovin e no Instagram.



POSTS RECOMENDADOS

0 comentários

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck