Cardeal Antonelli pede reconhecimento econômico do trabalho doméstico

segunda-feira, março 01, 2010

Cardeal Antonelli pede reconhecimento econômico do trabalho doméstico
Intervenção do presidente do Conselho Pontifício para a Família
ROMA, segunda-feira, 1º de março de 2010 (ZENIT.org).- O cardeal Ennio Antonelli, presidente do Conselho Pontifício para a Família, evocou a importância de reconhecer economicamente o trabalho doméstico e de criar facilidades financeiras e profissionais para estimular as famílias.

O prelado falou sobre o tema “família e empresa, células vitais da sociedade”, em uma reunião da União Católica de Empresários e Executivos (UCID), em Roma. Suas propostas foram recolhidas no dia 26 de fevereiro, pela edição diária em língua italiana do L'Osservatore Romano.

Durante sua intervenção, o cardeal italiano destacou que “o trabalho doméstico merece um reconhecimento econômico”.

Também disse que “as famílias numerosas merecem reduções especiais e facilidades financeiras”. Para ilustrar isso, deu o exemplo da França e da Alemanha, onde “as famílias com três filhos pagam dois ou três mil euros a menos”.

O cardeal Antonelli afirmou que “o trabalho da mulher e a procriação dos filhos são compatíveis”.

Convidou a desenvolver serviços para as famílias: para as crianças, creches familiares, de bairro, de empresa; para os idosos e deficientes, serviços de assistência. Mas também indicou a importância de oferecer às mulheres uma “variedade de oportunidades no trabalho profissional: tempo reduzido, teletrabalho, flexibilidade de horários e férias”.

Frente aos membros da UCID, o presidente do Conselho Pontifício para a Família também chamou a atenção sobre os efeitos negativos da falta da figura paterna, que repercute em toda a sociedade.

Segundo Antonelli, entre as principais causas se encontra “a evolução do trabalho, que leva os dois pais para fora de casa” e sobretudo “a presença feminina, cada vez mais importante no mundo do trabalho”.

“A autorrealização buscada pela mulher em seu trabalho, em sua carreira e em seu êxito social, tem como preço a renúncia ao casamento e aos filhos”, deplorou.

O cardeal Antonelli também denunciou a ideologia de gênero, para a qual não conta o sexo biológico, mas a orientação que cada um escolhe livremente, constrói para si e muda segundo seus desejos.

POSTS RECOMENDADOS

0 comentários

Modest Fashion Network

Curta no Facebook

Moda e modéstia

Estou no Instagram @aline.brodbeck