sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Passeio em São Lourenço do Sul

Fomos em família para São Lourenço do Sul, terra de alemães, pomeranos e portugueses. A avó materna do meu marido, já falecida, nasceu lá, de família tradicional oriunda de Portugal no séc. XVIII para povoar a região do Boqueirão e impedir o avanço das tropas espanholas.




Uma irmã dessa avó, também falecida, casou-se com um descendente de alemães, e os seus filhos e netos, primos nossos, portanto, são muito próximos de nós. Uma delas casou-se um fim-de-semana desses, na tradicional e muito elegante comunidade da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, em frente à praça principal da cidade. 



Fomos a esse casamento, e aproveitamos para passear à tarde, antes da celebração, na praia. No Domingo, também fomos à praia.

São Lourenço fica no caminho entre Pelotas e Porto Alegre, e é banhada pela Lagoa dos Patos, pertencendo, portanto, à chamada Costa Doce. Muitas estâncias históricas, do tempo dos farrapos, localizam-se na beira do arroio e da lagoa onde ele deságua. Uma paisagem encantadora. A praia, beirando a Lagoa dos Patos, a mesma que banha o Laranjal, em Pelotas, é belíssima, com água rasa e muitas árvores.

Confiram as fotos da família brincando na areia, e também na frente da igreja e no salão de uma imponente fazenda onde foi a festa.






































0 comentários:

Postar um comentário